Como parte do projeto de capacitação desenvolvido pelo  HOSPITAL MUNICIPAL SANTO ANTÔNIO DE PRESIDENTE BERNARDES MG, os profissionais de enfermagem  receberam orientações e treinamento sobre atendimento  de urgência é emergência. O principal objetivo deste  é preservar a vida do socorrido que se encontra em situação de urgência e emergência. O suporte deve ser realizado o quanto antes para reduzir ou eliminar o máximo de sequelas para a vítima. Justamente por esse motivo se faz necessário um treinamento eficiente e um conhecimento sempre atualizado das técnicas de primeiros socorros.

 

 + Fotos:

0
0
0
s2sdefault
0
0
0
s2sdefault

 

 

O Departamento Municipal de Saúde divulga  os dados fornecidos pelo COSEMS/MG sobre a dívida do Estado com o nosso Município. Esta dívida estadual ocorre desde junho de 2016, momento em que o atraso nos repasses dos recursos estaduais  para a execução de políticas públicas tornou progressivo. O Município que vem desenvolvendo uma política de transparência e acesso a informação sente-se na obrigação de divulgar os motivos das dificuldades financeiras encontradas devido não repasses de recursos e que mesmo assim consegue colocar a saúde como prioridade. A Dívida totaliza-se em R$1.830.448,11(Um milhão oitocentos e trinta mil quatrocentos e quarenta e oito reais e onze centavos).

0
0
0
s2sdefault

 

 

Os professores da Rede Municipal de Educação da Prefeitura Municipal de Presidente Bernardes-MG, participam do PNAIC( Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa)  é um compromisso formal e solidário assumido pelos governos Federal, do Distrito Federal, dos Estados e dos Municípios,  para atender à Meta 5 do Plano Nacional da Educação (PNE), que estabelece a obrigatoriedade de “Alfabetizar todas as crianças, no máximo, até o final do 3º (terceiro) ano do ensino fundamental”.

 

 + Fotos:

0
0
0
s2sdefault

 

 

O Departamento Municipal de Saúde do Município de Presidente Bernardes MG esclarece aos munícipes que de acordo com a resolução SES/MG nº6104, de 30 de janeiro de 2018 que institui incentivo financeiro, em caráter emergencial, para intensificação das ações de controle e contingenciamento da febre amarela com municípios com casos confirmados e/ou epizootias de primatas não humanos confirmados onde fomos contemplados com o valor de R$50.000 para desenvolvermos ações relacionadas à intensificação vacinal, vigilância de epizootias, coleta de material biológico para apoio ao diagnóstico da febre amarela onde incluímos ações voltadas a intensificação do trabalho de campo em prevenção a proliferação do mosquito causador da doença e tratamento de paciente quadro A: leve, no Hospital Municipal.

O recurso foi gasto corretamente de acordo com o permitido pela resolução. A prestação de contas está sendo encaminhada para a secretaria estadual de saúde de minas gerais e encontra-se a disposição de todos munícipes no Departamento Municipal de Saúde e/ou Prefeitura Municipal.

0
0
0
s2sdefault